Bem-Vindo, 2015!

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

E eis que, enfim, chegamos a 2015, neste que é o primeiro post (esperamos de muitos!) do novo ano. A produtora chega ao seu quarto ano de vida – que será celebrado em agosto próximo – com um currículo relativamente pequeno se comparado ao das demais, mas ainda com muito gás para queimar, e com algumas estruturas administrativas modificadas: um novo contrato social estipulando mais atividades para o rol da casa – inclusive a produção de videogames que entrará para o tópico Multimídia – e a saída de Francisco Costabile como um dos sócios da Sincronia.

“Mas sabemos que foi para o bem dele, sem estresse, sem problemas. O Chico agora está voando para novos territórios, um deles inclusive o de roteirista”, diz A. Nakamura, produtor da Sincronia. “Claro que ficamos tristes, porque afinal ele foi um dos que fundaram a produtora, mas isso acabou por fazer parte da reestruturação da casa que realizamos durante todo o ano de 2014”, fala o produtor. “Refizemos o site praticamente do zero, atualizamos informações, colocamos em ordem toda a papelada da Ancine que estava faltando, e até tiramos o CPB (Certificado de Produto Brasileiro) de algumas de nossas produções, inclusive a webssérie Os Chorões e o (filme) É Quase Verdade. Não sei se você é ligado nessas coisas, mas eu sim: todos os textos de astrologia que li no ano passado diziam que 2014 seria mesmo um ano de reestruturação e reorganização. E foi isso o que aconteceu.”

Agora, segundo o produtor, é bola pra frente: “Ainda há muito a se fazer. Ano passado também participamos de muitas feiras de novas tecnologias, equipamentos e ferramentas. É preciso estar sempre atualizado, principalmente agora com essa onda de filmagem em 4K e até 8K, como se vislumbra”. Nakamura se refere obviamente ao novo processo de captação e finalização que vem tomando de assalto a produção de muitas séries de TV, programas especiais e até filmes para cinema. “Tivemos a oportunidade de participar da feira da Set (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) em agosto passado, graças aos contatos do Emanuel (Mendes, CEO da Sincronia) com a Fernandinha Nogueira, que coordena o evento e cuida de toda a logística da empresa. Foi sensacional assistir às palestras e conhecer melhor essas tecnologias. Imagine só: já existem produtoras realizando casamentos e festas em 4K em um mercado que não pára de crescer.”

Tudo isso também tem relação com uma outra atividade que vem sendo desenvolvida pela produtora já há alguns anos: o site beeyou. “Esse é um projeto que pretendemos levantar definitivamente esse ano”, continua Nakamura. “Ele começou em 2010, ainda com os meninos (Francisco e Emanuel), mas como todo projeto de start-up, demoram-se anos até que as coisas estejam de fato prontas para o mercado. Nesse meio tempo, ele passou por diversas revisões, centenas de modificações e atualizações, até mesmo de layout e logo.” Para que isso ocorresse, a produtora levou o projeto a um dos principais centros de formação de empreendedorismo do país: o Sebrae. “O Emanuel descobriu a Escola de Negócios desenvolvida pelo Sebrae, que estava nascendo em fevereiro de 2014, e resolveu levar o projeto pra lá”, continua Nakamura. 

“E deu super certo. Ele participou de um pitching (que são as apresentações de ideias e/ou projetos para investidores) contando sobre o que era o beeyou – um site de perfil audiovisual, onde a pessoa monta seu histórico profissional em uma linha do tempo separada por capítulos e com a inclusão de vídeos. O projeto não passou pelo crivo, mas conseguimos com que ele entrasse na primeira turma de incubação da Escola de Negócios, juntamente de mais outros sete projetos start-up. E ele está lá agora, recebendo a mentoria do pessoal do Sebrae para fortalecer o plano de negócios, as estratégias de lançamento e colocar o produto no mercado. Se der certo, vai ser um passo e tanto para a produtora, que poderá entrar definitivamente na seara multimídia e de internet que tanto se propôs a introduzir-se.”

Dentro do Sebrae, o diretor Emanuel Mendes pôde conhecer um novo parceiro no empreendimento, o designer Douglas Santana. “Nós, como apaixonados por design, linhas, formas e curvas elegantes, sabíamos que precisávamos de uma pessoa não só com o know-how, mas que fosse obviamente talentosa também. O Douglas cumpre o requisito super bem e foi o responsável pela reestruturação do logo – que ficou mais moderno e simples – e até pela preocupação em transformar o projeto acessível às plataformas mobile – principalmente iOS e Android – que são o que a maioria das pessoas prefere utilizar, em contraposição ao desktop.”

E o que mais reserva 2015 para a Sincronia Filmes? “Bem”, ri Nakamura, “se depender de todos os esforços para os projetos serem levantados, todas as ideias conseguirem sair do papel, este ano vai pegar fogo! O Emanuel terminou o roteiro de seu primeiro longa-metragem (outra vez escrito em colaboração com André Campos Mesquita; os dois escreveram juntos Amarar e É Quase Verdade), e pretendemos dar um gás no desenvolvimento das próximas etapas. Muito provavelmente iremos entrar para o Era Transmídia, o grupo fundado pelo Rodrigo Arnaut e do qual participamos de várias palestras e encontros o ano passado. Isso também nos levou a conhecer pessoas bacanas que nos procuraram para a realização de projetos multimídia, como a empresa Protagonize, da Jamile Amorim, que pretende trabalhar com storytelling de marcas de luxo.  Além destes, há toda uma gama de fotógrafos, editores e músicos nos procurando e querendo conhecer nosso trabalho, o que é sempre bom e saudável. Se depender do impulso planetário e dos bons aspectos entre os planetas, 2015 será o ano da expansão e consolidação da empresa.”

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.