Cinema de Bolso

Compartilhar

Poderoso Novo iPhone Chega ao Mercado

 

A chegada do iPhone 6s Plus ao Brasil, afora o preço mais uma vez salgadérrimo, que grava vídeos em resolução 4K (como muitas câmeras de cinema profissionais), levanta novamente mais perguntas em relação a imagens feitas por celulares em todo o mundo. Seria isso o início de uma revolução que poderia mudar a maneira como imagens são captadas, distribuídas e/ou vendidas? E que impacto teria na produção de filmes de baixo orçamento, videoclipes, documentários e no jornalismo? Muitos profissionais, ao longo dos anos, sempre se mostraram céticos em relação a esse tipo de captação – feita por celulares -, mas recentemente uma fita produzida pela Ryot News, um documentário em curta-metragem chamado The Painter of Jalouzi, sobre um morador da maior favela do Haiti, desbancou esse temor com resultados espetaculares.

Em entrevista, os diretores David Darg e Bryn Mooser revelaram alguns trechos do making of e como eles chegaram ao look final que deu uma cara de cinema profissional, como se a produção tivesse sido captada com algumas das melhores câmeras do mercado. Eles explicaram alguns detalhes da filmagem e os desafios de encarar a empreitada: utilizaram o modelo de 128G, um adaptador, lentes SRL, desligaram todos os aplicativos, colocaram o celular no modo avião (para economizar bateria) e conseguiram profundidade de campo de uma maneira que jamais imaginariam ser possível.

Assista ao making of abaixo e veja o efeito incrível de resolução e profissionalismo.