TIME DOES NOT STOP

Share

Aliança entre Sincronia e De Pieri Produz Primeiro Trabalho

 

Como parte da parceria entre a Sincronia e a De Pieri Comunicação – a empresa fundada pela empreendedora, jornalista e locutora Sonia De Pieri voltada à produção de som, coaching vocal e novos negócios –, é com prazer que apresentamos o resultado desta aliança criativa: o filme publicitário e institucional O Relógio Humano, parte de uma série de trabalhos que, a partir de agora, tanto a Sincronia quanto a De Pieri (respectivamente uma produtora de imagens e uma produtora de som) irão produzir e soltar com regularidade a fim de fechar novas parcerias, clientes e abrir caminho no mercado de startups e negócios inovadores. E ainda com o aval da agência interna da Sincronia, Babaorum Publicidade, que elaborou a peça em conjunto com a De Pieri. Este acordo foi firmado em novembro do ano passado, em 2021, visando não apenas essa colaboração que agora está dando frutos, mas também no sentido de ambas as empresas – que possuem filosofias de trabalho alinhadas – se ajudarem neste mercado sempre em mutação, especialmente após um período de quarentena que infelizmente afetou a vida de todos, e o qual às vezes deixa as empresas (e pequenos empresários e/ou empreendedores) confusos, sem saber muito bem qual papel desempenhar ou mesmo qual direção tomar. 

“Os filmes farão parte de um projeto maior”, afirma a produtora Janaina Zambotti, “dando continuidade ao que vínhamos fazendo solitariamente de uns anos pra cá, que era produzir pequenas peças publicitárias exibindo nossas marcas a fim de abrir caminho neste mercado. Ficamos felizes que agora temos um parceiro da qualidade da De Pieri para ir junto nesta caminhada”, afirma. “Com eles, poderemos mostrar e/ou contar, sempre de forma divertida e/ou lúdica, como podemos ajudar estas empresas e empresários a se destacar – enfatizando a proposta de valor que carregam e muitas vezes vendem aos clientes”. 

“É o caso desta peça publicitária: de uma maneira lúdica, queremos mostrar não apenas que o tempo infelizmente não trabalha a nosso favor, mas também que, se soubermos administrá-lo bem, poderemos conseguir muita coisa do que almejamos”, continua Janaina. “A ideia de se trabalhar o tempo vem em duas frentes: tanto o tempo, digamos, “perdido” o qual infelizmente tivemos que enfrentar trancados em casa, e que nos transformou em “escravos” dele (em relógios humanos sempre à espera), quanto à libertação que nós mesmos podemos chegar uma vez que não nos deixemos dominar pela insegurança, pelo receio de talvez recomeçarmos tudo de novo. Se soubermos trabalhar bem o tempo, poderemos chegar a resultados incríveis tanto em nossa vida pessoal quanto no trabalho, reerguendo nossos negócios e enxergando o outro lado da moeda. Como cantava o saudoso Cazuza, o tempo não para, mas nós também não podemos, e o desafio é fazê-lo trabalhar a nosso favor”, finaliza.

Assista ao resultado abaixo.