HIVitoriosa!

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ela descobriu que tinha o vírus HIV aos 14 anos. A notícia lhe foi dada pela tia – com quem ela viveu a maior parte do tempo após a morte dos pais, ambos, tragicamente, levados pela Aids. À princípio, ela escondeu o fato de todo mundo, inclusive de si mesma. O que Saidy Brown – uma ativista sul-africana de Itsoseng, norte do país, e  hoje com 22 anos – não poderia esperar era a reação desencadeada pelo compartilhamento da notícia no Twitter, o microblog que ela mais utiliza quando o assunto são redes sociais. “Foram milhares de pessoas que retuitaram o que escrevi, todas manifestando sua solidariedade e apoio pelo fato de eu ter me aberto daquela maneira”, conta ela.

“Quando vi a notícia dela”, conta a produtora Janaina Zambotti, “achei que tinha tudo a ver com nosso filme A Tecnologia Social, o projeto de documentário em longa-metragem sobre Aids e como as novas tecnologias estão auxiliando no combate e na melhor informação sobre a doença para jovens e adolescentes. Isso sim é o que chamo de utilizar a tecnologia em favor do social”, diz Janaina. “Entramos em contato com ela e ela topou participar na hora, o que nos deixou muito felizes. O mais importante foi que a abertura que ela deu proporcionou a outras pessoas se manifestarem da mesma forma”, continua a produtora. Assim, Saidy começou a receber inúmeras mensagens de jovens na mesma situação, ou até se abrindo em relação a assuntos que eles mesmos não conseguiam compreender (como aceitar sua orientação sexual, por exemplo), o que por si já explica o poder que a internet tem – mesmo a despeito da má utilização que às vezes se faz dela. “Nesse caso, a internet foi usada com um propósito nobre, que é o que deveria ser sempre”, diz Janaina.

É claro que a presença de Saidy Brown irá sem dúvida enriquecer o projeto – com previsão de filmagem na África do Sul em julho próximo, e posterior rodagem em São Paulo na primeira semana de agosto. “Não quero dar detalhes, mas até agora conseguimos um time excepcional de pessoas que farão parte desse importante projeto”, continua Zambotti. Projeto esse, aliás, que nasceu do Hackathon ABEME, a maratona de programação que rolou o ano passado e da qual a Sincronia foi responsável por toda a parte audiovisual. “De lá pra cá, só coisas boas vêm acontecendo com o filme”, segundo Janaina.

Saidy Brown se descreve como uma HIVitoriosa – o que sem dúvida ela é. “Tenho planos de construir uma família”, diz ela. “Para isso, estou tomando todos os cuidados necessários a respeito de tratamentos preventivos a fim de evitar passar o vírus para meu futuro bebê. Sou filha de uma pessoa que me transmitiu o vírus quando ainda estava na barriga, portanto, não quero colocar meus filhos na mesma situação de risco.”

A Tecnologia Social será o primeiro longa-metragem da Sincronia, e terá direção da fotógrafa de still Patricia Innocenti.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.