PESSOAS

Julianna Barwick

Compositora

O som único de Julianna Barwick – americana nascida em Louisiana – se formou no coral da igreja quando ela ainda era muito jovem, e participar dele foi a grande influência para a decisão de se dedicar à música. Usando uma combinação de sons que não inclui vocal, mas sim sobreposição de sons, Barwick utiliza uma máquina para realizar uma série de loopings (ciclos) sobre sua voz, criando um efeito tão hipnótico quanto de despertar sentidos. Julianna lançou seu primeiro EP, Sanguine, em 2006, de maneira independente. No trabalho seguinte, o também EP Florine, ela cria um universo sonoro minimalista graças à uma estação de loopings variados e pedais acompanhados de sintetizadores. Ao gravar seu primeiro disco, The Magic Place, a cantora fez uso de um palco de teatro porque o lugar continha uma acústica perfeita, sem vazamento de som, e pelo fato também de haver um piano, importante peça na concepção do projeto. O título do álbum, a propósito, refere-se a uma árvore na fazenda da família onde era possível entrar e explorar os diferentes cantos pontuados por galhos e troncos. E eis aí uma das características principais de sua obra, além da beleza: é uma música orgânica, viva, que respira e pulsa como um ser vivo. 

  • IMDB