A ALMA DO SEU NEGÓCIO

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Proposta de Valor é Fundamental para uma Campanha Eficiente

 

Imagine a seguinte situação: uma linda atriz conhecida da televisão invade a tela do seu aparelho dizendo o quão maravilhoso o produto que ela está divulgando é. O quanto ela usa na casa dela, e o quanto aquele produto transformou a vida dela e da família dela. A seguir, dá dicas sobre como utilizá-lo e onde comprá-lo, pois afinal a atriz está muito satisfeita com ele e não pode deixar de recomendar aos seus fãs e consumidores.

“Nada mais falso e encomendado”, diz Milena Sardoz, uma das coordenadoras, na Babaorum Publicidade, agência afiliada à Sincronia Filmes, da campanha para a startup de cuidados maternos Baby Care. “Todo mundo sabe que a atriz foi contratada para dizer um texto, e que muito provavelmente ela nem utiliza o tal produto na casa dela. E esses são os tipos de publicidade e anúncio que já não funcionam mais, têm muito pouco apelo. Hoje em dia, ainda há muitas empresas que não entenderam o que é proposta de valor e o quão importante e eficiente ela é na comunicação e no engajamento de seu público. Isso é diferente, por exemplo, de se usar um garoto/garota propaganda para se atachar à sua marca ou serviço, que estariam ligados sempre a esta proposta de valor.” Milena refere-se ao conjunto de características muito fortes que são os valores e qualidades de uma empresa – aquilo que na verdade ela vende, e não necessariamente o produto e/ou serviço. “Por exemplo, empresas como a Apple vendem uma experiência ao consumidor, ao produzir aparelhos e computadores que os chamados criativos vão utilizar e que vão não apenas facilitar o dia-a-dia deles, mas também estimulá-los criativamente. Portanto, a Apple possui esta proposta de valor de ser uma empresa que incentiva o pensar diferente – exatamente o mote de uma das campanhas deles de alguns anos atrás”, diz.

No fundo, o que empresas que pensam assim estão na verdade fazendo é mostrar a alma do negócio – que por trás de máquinas, aparelhos, fios e cabos, existem cabeças pensantes que se preocupam com sua audiência, que se interessam por elas e querem, de alguma forma, modificar a vida delas para melhor. “Esse é um dos princípios básicos da criação de um bom produto e/ou serviço”, diz Sardoz, “e consequentemente de uma boa campanha. É você identificar um problema (que pode estar dentro de uma empresa; na sociedade ou em um grupo restrito de pessoas/profissionais) e procurar saná-lo.” Em geral, empresas e companhias costumam até realizar hackathons (maratonas de programação e criação coletiva voltadas à solução de problemas em determinados departamentos) para procurar sanar dores.

Essas dores, aliás, são muito comuns dentro de um mercado não apenas em expansão, mas que até pouco tempo atrás estava deficiente destas soluções e completamente perdido. “A publicidade e a interação com ela vêm se modificando muito”, diz Milena, “justamente porque os hábitos do público e ele próprio hoje espera outras alternativas e consome de maneira diferente do que há 10, 20 anos. Atualmente, as pessoas não se encantam ou querem consumir algo simplesmente porque uma atriz bonita da TV diz a elas que precisam fazê-lo”, continua.

Por isso a importância de se criar uma campanha bem-feita, bem pensada e bem estruturada. “É fundamental o empresário sempre pensar: quais são meus valores? Quais são os princípios que norteiam a minha filosofia de vida e que eu posso levar para o meu negócio? Se não houver algo por trás, uma alma, um conceito muito bem estruturado, dificilmente haverá engajamento, que é uma das coisas mais difíceis de se conseguir no mercado hoje em dia. As pessoas consomem atualmente pela internet (de fato, em 2020 já havia aproximadamente 7,8 bilhões de pessoas no mundo. Quase um quarto delas (26,28%) são compradores online. ), e procuram conteúdos relevantes, que as encantem, uma filosofia, aquele algo a mais que faça os olhos delas brilharem. As pessoas precisam ficar apaixonadas por sua marca e por sua empresa, porque de alguma forma se identificaram com ela, seja por um detalhe diferencial, seja pelo bom atendimento, ou simplesmente porque a empresa se preocupa com elas.”

São os chamados novos negócios – empresas e/ou marcas que não apenas possuem um modelo de negócios escalável (e portanto rentável, propício a investimentos), mas justamente crescem porque se preocupam com esse algo a mais além do lucro. “O rendimento e o lucro serão consequência deste modelo novo de pensar e fazer negócios”, continua Milena. “A sua empresa precisa ter a sua cara, a sua alma, que são na verdade seus valores e princípios. É isso o que vai diferenciá-la das outras, torná-la atrativa para os consumidores e eventuais investidores, e fazê-la conhecida e admirada no mercado.”

Para isso, a Sincronia montou um curto vídeo de divulgação com estas perguntas básicas que todo empreendedor e empresário deve se fazer – e para também dizer que as duas empresas, produtora e agência, estão prontas a atender a sua empresa. Assista e espalhe por aí.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.