THE TONE OF TOMÁS

Share

Ator e Locutor Exibe Talento e Descontração em Job

 

Não é apenas como locutor no mercado da voz que o jovem ator Tomás Bueno, ou Tom Bueno, como é mais conhecido, exibe a versatilidade que demonstrou no trabalho realizado pela Sincronia Filmes em parceria com a De Pieri Comunicação, o filme institucional/publicitário O Homem Relógio – o qual ambas as empresas divulgaram em redes sociais a fim de formar parcerias estratégicas com empresas, pequenos e médios empresários e novos negócios. Como vários jovens de sua geração que se inclinaram para o ramo das artes, Tomás é também artista de teatro e da música, formado em Comunicação Social, Publicidade e Propaganda. Mas seus cursos ainda incluem Locução para Rádio e TV, pela OSCIP (Padre Landell de Moura)  e licenciatura em Música pela UDESC. Como ator, começou seus trabalhos como figurante em comerciais de televisão. Em Porto Alegre, já na fase adulta, passou a se dedicar ao estudo e prática voltados ao teatro musical, tendo sido integrante, como ator e cantor, de diversas produções no estado, entre elas Korvatunturi, um espetáculo de Gramado bem conhecido no Rio Grande do Sul, e que ficou vários anos em cartaz antes da pandemia. No “Korva“, como ele mesmo se refere, Tomás fez mais de 100 apresentações entre 2017 e 2019, e considera o trabalho um marco em sua carreira. E ainda sua participação no Natal Luz de Gramado, em 2015, e como cantor solista no espetáculo Eu Sou Maria – Nativitaten, o famoso “espetáculo do lago.”

“O Tomás possui uma voz jovem, descontraída, com uma pegada bastante vendável”, diz Sonia De Pieri, fundadora da De Pieri Comunicação, “e é uma das vozes que mais nos pedem lá no estúdio. Em reuniões com o pessoal da Sincronia, enfatizei que precisávamos justamente deste tipo de entonação para tornarmos o filme – que já possui esse tom bem-humorado nas imagens – ainda mais interessante, já que estamos lidando com a questão de todo o tempo perdido durante a pandemia (do coronavírus, que obrigou o mundo a parar em 2020), e como podemos agora retomar as atividades fazendo o tempo funcionar a nosso favor, e que, para isso, as empresas e/ou pequenos e novos negócios, podem contar com a experiência destas duas produtoras que estão no mercado há anos”, enfatiza Sonia. 

Bueno, assim como o próprio segmento que tanto a Sincronia e a De Pieri estão buscando atingir (o filme será o primeiro de uma série de pequenas produções voltadas a redes sociais neste sentido de buscar parcerias criativas com negócios emergentes, inovadores e buscando uma melhor comunicação com seu público-alvo; o segundo, aliás, já está sendo elaborado), pode ser considerado também um pequeno empreendedor – já que é um dos criadores do Coletivo Barbotinas, grupo de artistas voltado para a pesquisa e produção cultural de projetos que valorizem o cenário artístico-histórico de São José/SC, com trabalhos sendo realizados no Centro Coletivo de Ensaios da FMCT/SJ. 

“Como se vê”, finaliza Sonia, “quando dissemos que a Sincronia e a De Pieri possuem relações e filosofias em comum, não estávamos nem de brincadeira nem perdendo o precioso tempo”.