O Primeiro DVD A Gente Nunca Esquece

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Como parte do processo da criação de um selo de distribuição da Sincronia Filmes – que será responsável tanto pelos projetos produzidos pela produtora quanto pela aquisição de outros filmes, séries e conteúdos afins de terceiros –, é com prazer que anunciamos a chegada do primeiro DVD lançado pela marca: o do filme A Tecnologia Social, o documentário rodado na África do Sul em coprodução com aquele país e os Estados Unidos. Depois de ser exibido em salas do circuito (da rede Itaú Cinemas), em novembro do ano passado (2018), também com distribuição pela Sincronia, chega a vez do mercado doméstico de vídeo conhecer o trabalho e, é claro, o produto nele embalado. “Não foi um processo fácil”, afirma a produtora Janaina Zambotti, “termos colocado o filme em cartaz nos cinemas, ainda mais por sermos uma produtora pequena, ainda relativamente não tão conhecida quanto as outras, que possuem parcerias mais estabelecidas e estão no mercado há muito mais tempo. Mas conseguimos, e agora também, graças ao incentivo que recebemos com a parceria internacional para o filme, estamos tendo a chance de entrar nesse mercado do home video. Estamos muito felizes.”

Fazer parte deste universo era um desejo há muito acalentado pela produtora. Além de todos os que trabalham na Sincronia serem cinéfilos inveterados, muitos são fãs da mídia física do DVD e, agora, do Blu-ray – mesmo apesar de este mercado estar aparentemente em crise, com poucas vendas e com um público mais interessado em serviços de streaming e Video on Demand, como o Now, o Netflix e outros. “Sim, já sabíamos de toda essa conversa”, continua Janaina, “mas como diz o provérbio que crise é também oportunidade aproveitamos para seguir uma linha de raciocínio levando em conta que as edições que pretendemos colocar no mercado serão voltadas a um público muito específico, e muito fiel: os colecionadores. É para eles que fizemos o DVD do Tecnologia, e será para eles que iremos lançar futuramente nossos outros produtos”, afirma ela. “Para essas pessoas, que gostam de colecionar, de ter a mídia física em casa e poder assistir quando e onde quiserem, um produto como esse é de muito valor – principalmente pela maneira como o estamos produzindo.”

Isso quer dizer que a Sincronia Filmes não apenas se baseou nas melhores distribuidoras do mercado no mundo – desde a americana The Criterion Collection até a francesa Carlotta DVD, a inglesa Eureka Video e até mesmo uma distribuidora pouco conhecida do lado de cá, a sul-coreana Plain Archive, que geralmente faz lançamentos em edições superluxo –, como também se inspirou nelas para começar a produzir o material suplementar, os chamados extras, voltado, exatamente, para esse público fiel que gosta de assistir aos documentários de making of, ouvir os comentários em áudio, ver entrevistas com diretores e elenco, ter análises de especialistas, entre muitas outras características que enriquecem e ajudam melhor a se conhecer o produto – seja ele um filme, um show, uma série ou programa. “É para essas pessoas que estamos produzindo esse trabalho – e já estamos em negociação com diretores e produtores para começar a distribuir os trabalhos deles, só que por enquanto ainda não podemos revelar, além dos que iremos também produzir”, diz Janaina.

“No entanto, também sabemos que não será uma tarefa muito fácil, por vários motivos”, continua a produtora. “Esse mercado no Brasil é muito complicado, não dá para nos basearmos em exemplos de fora, tentando imitá-los ou querer produzir com a mesma relevância ou material. Queremos sim fazer o melhor produto dentro das condições que temos.” O que a produtora quer dizer tem a ver com a própria feitura do produto em si. Continua ela: “Tivemos um problema grande com as caixinhas, por exemplo. Queríamos uma caixinha diferenciada – e não a que é padrão no mercado –, porque também entendemos que cada produto vai pedir uma embalagem específica, que é a cara dele”, diz, “mas, por causa dos altos custos de importação, tivemos que deixar de lado essa ideia, ao menos por enquanto.” Mas ela também reafirma a preocupação e o comprometimento da Sincronia em tentar oferecer o melhor para o consumidor. “Sabemos por exemplo que esse público é muito exigente, muito detalhista, o que nos deixa felizes pois também somos (risos). É por isso que temos um cuidado muito grande com o design da embalagem, com as informações nela contidas, em criar uma identidade visual que não apenas nos dê uma cara, mas também demonstre todo o zelo e a atenção que damos ao produto.”

Foi este um dos motivos de a Sincronia estabelecer uma parceria com o Estúdio Nômada de Design – uma empresa baseada em Santa Catarina que tem o designer de produtos Jake Meier como principal idealizador. Meier iniciou as tarefas em 2018 ao desenhar os envelopes para o departamento de papelaria da produtora, e agora seu estúdio é responsável pelo layout e definição de todo o projeto gráfico dos DVDs e, posteriormente, dos Blu-rays da Sincronia. Priorizando o minimalismo – uma particularidade de ambas as empresas –, a elegância e a simplicidade, o desenho para as capinhas irá seguir um padrão o qual, mais uma vez, fornecerá a identidade visual e todas as informações necessárias a quem o adquirir. E não apenas isso: todo o grafismo referente ao projeto também irá passar pelas mãos do Estúdio Nômada – dos menus aos botões de acesso às páginas, do livreto interno (“todas as nossas edições, sem exceção, terão um livreto ou um folder dobrável contendo textos, análises, ensaios e informações técnicas”, diz Janaina) às telas de aviso e às caixinhas específicas que eventualmente o projeto pedir, e até as etiquetas identificando o produto. “Tudo vai ter a nossa cara”, finaliza Janaina. O DVD de A Tecnologia Social chega às lojas dedicadas ao formato em breve.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.