“É Quase Verdade” Termina Montagem

É Quase Verdade, a primeira produção-solo da Sincronia – depois de duas coproduções, O Homem Que… e Estátuas Vivas, e o terceiro trabalho em curta-metragem dirigido por Emanuel Mendes, terminou a montagem essa semana. Com quase meia hora de duração, quando o formato normalmente adotado é de 15 minutos, o primeiro corte feito por Mendes(…) Leia mais

Argumento Premiado Pela TV Cultura

Estamos felizes em anunciar, justamente agora neste início de 2013, que o argumento para telefilme, lançado anualmente pela Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo, em parceria com a TV Cultura, foi contemplado para desenvolvimento. Uma ideia de Erika Barbin – que realizou conosco a websérie Os Chorões -, que a apresentou para nossos(…) Leia mais

Rio Content Market

Produtora embarcou para o Rio de Janeiro para sua primeira experiência no Rio Content Market, agora no último mês de fevereiro de 2013. Abaixo, algumas fotos da nossa turma – com apresentações, conversas, encontros, palestras, e um cafezinho aqui e outro ali.

Nas Ondas do Rio

Há vários anos que o Rio de Janeiro vem se firmando, se não como a capital, pelo menos como um dos principais pólos de cinema do país – voltado tanto para a arte como para os negócios, e não apenas do cinema, mas do audiovisual como um todo, englobando televisão, publicidade, e, certamente agora, novas(…) Leia mais

“Estátuas Vivas” na Reta Final

O filme de Mirrah Iañez, Estátuas Vivas, nossa segunda coprodução (logo após O Homem Que…), terminou as filmagens e já se encontra na sala de montagem. Este é o terceiro trabalho da jovem diretora Mirrah que está se formando em cinema pela Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. Mirrah já havia realizado dois exercícios no(…) Leia mais

Mauricio Esposito e o Som de “É Quase Verdade”

Nesta terceira e última parte das entrevistas com nosso sound man, Mauricio Esposito fala sobre como pretende trabalhar o som de É Quase Verdade. Embora o filme seja um documentário (será?), Esposito afirma que não deseja utilizar as convenções do gênero, preferindo dedicar-se a outros elementos para compor o universo sonoro do filme.